Lojas Portugal
Promoções - Preços de Saldo

Bem Vindo à Loja Energia.pt !

Glossário Técnico 

(Esta base de dados tem por objectivo dar uma primeira abordagem a uma possível dúvida. As definições, que dela fazem parte, têm por base fontes várias, disponíveis na internet, pelo que, não se dispensa a consulta de outras fontes como forma de validação)

Termo

Definição 

Aço inoxidável Liga de ferro e crómio, também ligado ao níquel e molibdénio, que apresenta propriedades físico-químicas superiores aos aços comuns, sendo a alta resistência à oxidação atmosférica a sua principal caraterística. As principais famílias dos Aços Inoxidáveis, classificados segundo a sua microestrutura, são: Ferríticos, Austeníticos, Martensíticos, Endurecíveis por Precipitação e Duplex. Estes elementos de liga, em particular o crómio, conferem uma excelente resistência à corrosão quando comparados com os aços de carbono.
Actividade Actividade é uma quantificação do desvio à idealidade da concentração quanto as interações entre moléculas numa solução ou num gás não-ideal.É proporcional à concentração, cujo declive é o coeficiente de atividade, γ, que leva em consideração outros íons em solução. Assim, numa solução ideal o coeficiente de atividade é aproximadamente igual a 1 e a atividade pode ser aproximada como igual à concentração.
Acumulador Equipamento destinado a absorver ou a acumular energia (elétrica ou térmica), para a distribuir no momento oportuno e na medida requerida.
Ad hoc Ad hoc is a Latin phrase which means "for this [purpose]". It generally signifies a solution designed for a specific problem or task, non-generalizable, and which cannot be adapted to other purposes
Águas pluviais Água pluvial é a água provinda das chuvas, que é coletada pelos sistemas urbanos de saneamento básico nas chamadas galerias de águas pluviais ou esgotos pluviais e que pode ter tubulações próprias (sendo chamado, neste caso, de sistema separador absoluto, sendo posteriormente lançadas nos cursos d'água, lagos, lagoas, baías ou no mar).As águas pluviais podem ainda juntar-se ao esgoto doméstico na tubulação destinada a este. Neste caso tem-se o chamado sistema unitário de esgotos.
Alotropia Fenômeno em que um mesmo elemento químico pode originar substâncias simples diferentes. As substâncias simples distintas são conhecidas como alótropos.
Ampere (A) Unidade de medida Sistema Internacional (SI) de intensidade de corrente elétrica.
Ampère-hora Um ampère-hora (abreviado como Ah ou A-h) é uma unidade de carga elétrica. Um ampère-hora é igual a 3600 coulombs (ampère-segundo), e é a quantidade de carga elétrica transferida por uma corrente estável de um ampère durante uma hora.
Anfipáticas/Anfifilica São moléculas constituidas por uma parte hidrofílica e uma parte hidrofóbica.
Anfotérica Particula que segundo a teória ácido-base de Bronsted-Lowry tanto se pode comportar como um ácido como uma base.
Anilhas/Arruelas As arruelas têm a função de distribuir igualmente a força de aperto entre a porca, o parafuso e as partes montadas. Em algumas situações, também funcionam como elementos de travão. Os materiais mais utilizados na fabricação das arruelas são aço-carbono, cobre e latão.
Aposição Apor, dar a assinatura no contrato, no cheque, no livro; assinar qualquer documento.
Arquitetura Bioclimática Tipo de arquitetura que dá especial atenção aos aspetos de adaptação da construção ao clima do lugar onde se situa, conseguida essa adaptação por meios naturais. Esta adaptação da estrutura do edifício ao clima, vai permitir fazer um arrefecimento e aquecimento passivo, isto é, sem recorrer a meios mecânicos, que precisam de energia para funcionar.
Atmosfera Camada de Gases (ar) que envolve a Terra, composta por 78% de nitrogénio, 21% de oxigénio e 1% de vapor de água e outros gases.
Atrito Resistência ao movimento durante o deslizamento. Existem três tipos cinético, estático e rolamento.
AVAC Aquecimento, Ventilação e Ar Condicionado
Averbamento Modalidade de registo de factos que alteram o conteúdo do assento (por exemplo:divórcio que dissolve o casamento).
Azeótropo Azeótropo é uma mistura de duas ou mais substâncias que, a uma certa composição, possui um ponto de ebulição constante e fixo, como se fosse uma substância pura.
bar Unidade de pressão e equivale a 100.000 Pa. Este valor de pressão é muito próximo ao da pressão atmosférica padrão.
Biocombustível Combustível que deriva da biomassa. É uma fonte de energia renovável. Desperdícios vindo da atividade industrial, agricultura e floresta e resíduos domésticos podem ser utilizados para produzir este tipo de energia.
Biodiesel Biocombustível líquido com origem em culturas energéticas como o girassol ou a colza.
Biogás Gás combustível produzido a partir de biomassa e / ou da fração biodegradável de resíduos, que pode ser purificado até à qualidade do gás natural, para utilização como biocombustível. O principal componente é o metano (CH<sub>4</sub>).
Biomassa Matéria orgânica de origem animal ou vegetal que diretamente ou por transformação  natural ou artificial pode ser utilizada como fonte de energia. Exemplos: resíduos florestais, efluentes pecuários, resíduos agro-industriais, culturas energéticas, etc.
Bref BAT (Best Available Tecnologies) reference document
cal (caloria) Exprime-se pela quantidade de calor indispensável para aumentar num grau celsius a temperatura de um grama de água.
Caldeira de Chão Equipamento para produção de águas quentes, para um ou vários serviços. São equipamentos de maior capacidade e têm a necessidade de ser complementados com a instalação exterior de vários acessórios (bombas circuladoras, vaso de expansão, válvulas de segurança, etc).
Camada de Ozono Camada atmosférica que se situa entre os 20 e os 50 km acima da superfície terrestre e que atua como um filtro, protegendo os organismos vivos dos raios solares ultravioletas.
Câmara de Combustão Aberta O equipamento que retira o ar necessário à combustão do local onde está instalado e expulsa os gases resultantes da combustão para o exterior.
Câmara de Combustão Estanque O equipamento está dotado de queimador estanque, onde o ar necessário à combustão é proveniente do exterior.
Carbonato de zinco Ou sal de zinco do ácido carbônico, é um químico inorgânico de fórmula ZnCO3. É encontrado na natureza no mineral smithsonite. Apresenta-se quando puro como um sólido branco, embora as vezes, comercialmente, apresente-se como amarelado, em purezas de até 98%, inodoro e descrito como sem sabor, normalmente comercializado na forma de pó amorfo fino. Dissocia-se em ZnO (óxido de zinco) e CO2 (gás carbônico) à temperatura de 297 ºС.Na corrosão do zinco, produz-se óxido de zinco quando em atmosfera relativamente seca através da reação entre o zinco e o oxigênio atmosférico. Quando em atmosfera úmida, este óxido é convertido em hidróxido de zinco. O hidróxido e o óxido de zinco reagem por sua vez com o dióxido de carbono presente na atmosfera formando carbonato de zinco, que sendo aderente à superfície e relativamente bastante insolúvel é considerado o principal responsável pela proteção anticorrosiva dos revestimentos galvanizados de zinco.
CFC's Familia mais conhecida do grupo de halogenoalcanos. Bastante nefastos para o ambiente, nomeadamente na destruição da camada limite de Ozono.
Cilindro Pneumático Os cilindros pneumáticos permitem realizar acionamentos recorrendo à energia do ar comprimido.
Climatização Sistema utilizado para aquecer ou arrefecer o ambiente.
Coloides Sistemas coloidais ou ainda dispersões coloidais) são sistemas nos quais um ou mais componentes apresentam pelo menos uma de suas dimensões dentro do intervalo de 1nm a 1µm.
Comburente É a substância química que alimenta a combustão (essencialmente o oxigénio), fundamental no processo de combustão.
Combustão É um processo de obtenção de energia. Combustão é basicamente uma reação química, e para que esta se processe é fundamental a existência de três elementos: combustível, comburente e ignição.
Combustível É tudo aquilo que é suscetível de entrar em combustão.
Condutância Habilidade de transportar a corrente. Tem como unidade ohm -1 , também chamada mhos ou Siemens (S). É o recíproco da resistência.
Condutividade Condutividade elétrica (σ) é usada para especificar o caráter elétrico de um material (Intrinseco ao material diferente de condutância). Ela é simplesmente o recíproco da resistividade, ou seja, inversamente proporcionais. É indicativa da facilidade com a qual um material é capaz de conduzir uma corrente elétrica. A unidade é a recíproca de ohm-metro, isto é, [(Ω-m)-1].  No SI é medido em S (Siemens por metro).
Coque O coque é um tipo de combustível derivado do carvão betuminoso. Começou a ser utilizado na Inglaterra do século XVII. O coque obtém-se do aquecimento da hulha (ou carvão betuminoso), sem combustão, num recipiente fechado. Pode ser utilizado na produção de ferro gusa (alto forno), sendo adicionado junto com a carga metallica.
Corpo Negro Na física, um corpo negro é um corpo que absorve toda a radiação que nele incide: nenhuma(somente em casos específicos) luz o atravessa nem é refletida. Apesar do nome, corpos negros produzem radiação eletromagnética, tal como luz. Quando um corpo negro é aquecido, essas propriedades o tornam uma fonte ideal de radiação térmica. Se um corpo negro ideal a certa temperatura é cercado por outros objetos da mesma temperatura e em equilíbrio térmico, um corpo negro em média emitirá menos que absorve, em todos os comprimentos de onda: cada raio que atinge o objeto é absorvido, então ele será emitido da mesma forma.
Curto-circuito É um defeito de sobreintensidade causado pelo contacto entre dois pontos de potênciais electricos diferentes. Desencadeia um aumento brutal de corrente que em milesimas de segundo ultrapassa cem vezes o valor inicial. Os dispositivios de protecção são, por exemplo, fusíveis que interrompem o circuito fundindo-se ou disjuntores.
Deliquescência A deliquescência é a característica encontrada em materiais extremamente higroscópicos, que possuem grau de absorção de água extremamente elevado.
Densidade relativa Representa-se por um, d, e é um quociente entra a massa específicade de quaisqueres dois líquidos ou gases. Não tem unidades - adimensional.
Deontologia Ramo da ética cujo objeto de estudo são os fundamentos do dever e as normas morais
Depuração Tornar puro ou mais puro; limpar, purificar
Desgaste Perda ou destruição de uma superfície metálica
Dilatação Aumento do volume de um corpo ocasionado pelo seu aquecimento.
Dióxido de carbono (CO2) Também chamado gás carbónico, é um dos responsáveis pelo aumento do efeito de estufa associado à combustão de energias fósseis. Este é o gás de maior importância para o cumprimento do Protocolo de Quioto, uma vez que representa 55% dos gases com efeito de estufa ma atmosfera.
Distrate Dissolução ou rescisão de um contrato que, no caso do crédito à habitação, se refere à rescisão da hipoteca por extinção da dívida.
Down time Tempo, não produtivo, perdido devido a avarias inesperadas e necessidades de manutenção correctiva.
Ductibilidade Ductilidade ou ductibilidade é a propriedade física dos materiais de suportar a deformação plástica, sob a ação de cargas, sem se romper ou fracturar. O oposto de dúctil é frágil, quando o material se rompe sem sofrer grande deformação.No ensaio de tração, os materiais dúcteis apresentam uma fase de fluência caracterizada por uma grande deformação, sem grandes aplicações de cargas.
Efeito de estufa Efeito pelo qual a radiação infravermelha ambiente é retida num espaço fechado. Uma cobertura de vidro ou de um outro material, transparente à radiação solar incidente, absorve a radiação infravermelha interna de maior comprimento de onda. No vazio metade da energia absorvida é reemitida para o espaço fechado.
Eficácia A eficácia é um indicador de medida e avaliação do êxito ou não do atingir metas e objectivos pré-establecidos.
Eficiência Eficiência refere-se a relação entre os resultados obtidos e os recursos empregues. Quanto maior for maior é o aproveitamento dos recursos empregues
Eficiência Adiabática Indica a quantidade de energia que o compressor perde em forma de calor para produzir potência. Um compressor com 100% de eficiência adiabática irá utilizar toda a energia necessária para comprimir o ar, sem aquecer o conjunto ou o próprio ar.
Portanto, um compressor eficiente deve ter alta eficiência volumétrica para minimizar o seu tamanho e alta eficiência adiabática para maximizar a quantidade de ar comprimido pela unidade.
Eficiência energética Relação entre a quantidade de energia produzida e a energia consumida.

Eficiência

Volumétrica

Indica o quanto de ar que o compressor consegue comprimir e quanto é perdido através de vazamentos. Por exemplo, se um compressor tem capacidade de 10 litros de ar de deslocamento, mas apenas 7,2 litros são deslocados, sua eficiência é de 72%. Um compressor com 45% de eficiência deverá ter o dobro do tamanho, para deslocar o dobro de ar e se comparar ao mesmo volume deslocado por um outro compressor de 90% de eficiência.
Elastômero São polímeros, que na temperatura ambiente podem ser alongados até duas ou mais vezes seu comprimento e retornam rapidamente ao seu comprimento original ao se retirar a pressão. Possuem, portanto, a propriedade da elasticidade. Comumente são conhecidos como borrachas.
Electrodo Conhecido comumentemente por polo, de maneira geral é o terminal utilizado para conectar um circuito elétrico a uma parte não metálica. Este terminal deve ser constituido por um material condutor de eletricidade como, por exemplo, um metal , grafite, platina ou outro. O objetivo do eletrodo é proporcionar uma transferência de elétrons entre o circuito e o meio no qual está inserido. Como tal, é usado em eletroquímica e eletrônica
Electrólise A eletrólise é um processo que separa os elementos químicos de um composto através do uso da eletricidade. De maneira sumária, procede-se primeiro à decomposição (ionização ou dissociação) do composto em íons e, posteriormente, com a passagem de uma corrente contínua através destes íons, são obtidos os elementos químicos. Em muitos casos, dependendo da substância a ser eletrolisada e do meio em que ela ocorre, além de formar elementos ocorre também a formação de novos compostos. O processo da eletrólise é uma reação de oxirredução oposta àquela que ocorre numa célula galvânica, sendo, portanto, um fenômeno físico-químico não espontâneo.
Electrólito Eletrólito é toda a substância que dissociada ou ionizada origina íons positivos ( cations ) e íons negativos ( ânions ), pela adição de um solvente ou aquecimento. Desta forma torna-se um condutor de eletricidade. O eletrólito é uma solução eletricamente condutora constituída de água contendo sais, ácidos ou bases. 
Electrónica A é a ciência que estuda a forma de controlar a energia elétrica por meios elétricos nos quais os elétrons têm papel fundamental
Electrotécnia Ciencia que, con carácter práctico, se ocupa do estudo e aplicações dos campos eléctricos e magnéticos. Ciencia que estuda as aplicações da electricidade.
Emissividade Em física, emissividade é relação entre o poder emissivo de um corpo qualquer e a de um corpo negro. É conhecida como emissividade ε, e pode ter um máximo igual a 1, que é correspondente à de um corpo negro, e um mínimo igual a zero. Corpos que possuem emissividade inferior a um são chamados corpos cinza. Corpos onde a emissividade é também dependente da temperatura e comprimento de onda são chamados corpos não-cinza. A emissividade mede a maior ou menor tendência que determinado corpo tem em emitir radiação. O poder de emissividade está associado à natureza do corpo, à área exposta e à temperatura absoluta a que se encontra
Emissões de CO Emissão do gás Monóxido de Carbono para a atmosfera.
Energia das marés Aproveitamento energético do movimento das marés, resultantes da combinação de forças gravitacionais do sol e da lua e do movimento de rotação da terra, para a produção de energia elétrica.
Energia das ondas Aproveitamento energético do movimento das ondas, formadas pelo atrito do vento com a superfície oceânica, para a produção de energia elétrica.
Energia eólica Energia renovável que utiliza a força do vento para a produção de energia elétrica.
Energia geotérmica Energia disponível em forma de calor emitido do interior da crosta terrestre.
Energia hídrica Energia que se obtém a partir do movimento da água.
Energia solar fotovoltaica Energia proveniente da radiação solar que é transformada diretamente em eletricidade a partir de células de material semicondutor (células fotovoltaicas).
Energia solar passiva Aproveitamento da energia solar sem que exista a utilização direta de equipamentos de conversão. Um bom exemplo, é o aproveitamento da radiação solar para o aquecimento de edifícios através da sua correta localização e orientação.
Energia solar térmica Energia proveniente da radiação solar que é transformada, a partir de coletores solares, em energia calorífica.
Energias Renováveis Fontes de energia inesgotáveis à escala humana cuja exploração não leva a libertação de resíduos poluentes para a atmosfera. Exemplos: energia eólica, solar, hídrica, etc.
Entalpia Entalpia é uma grandeza física. Representa a medida da energia do sistema que está disponível na forma de calor, isso à pressão constante. No Sistema Internacional de Unidades a unidade da entalpia é o joule (J) e é comumente representada pelo símbolo H
Equipamento de Tiragem Forçada Equipamento dotado de ventilador na boca de saída dos gases, em que este ventilador auxilia a exaustão dos gases resultantes da combustão para o exterior.
Equipamento de Tiragem Natural Equipamento em que a exaustão dos gases de combustão é feita de forma narural. Devido à sua temperatura elevada, são evacuados através de uma chaminé que deve ser corretamente dimensionada e concebida para o efeito.
Espuma A espuma é uma dispersão instável de bolhas de gás num pequeno volume de líquido. Um líquido puro não produz espuma. 
Etanol Biocombustível produzido a partir da fermentação de hidratos de carbono como a cana de açucar ou beterraba.
Etiqueta Energética Rótulo que se encontra colocado na parte exterior dos equipamentos de forma a ficar visível ao consumidor. A etiqueta energética é obrigatória e permite comparar fácil a eficiência energética e consumo dos mesmos.
Extrusão É um processo de produção de peças mecânicas de forma semi-contínua onde o material é forçado através de uma matriz adquirindo assim a forma pré determinada pelo projetista da peça.Os produtos extrudados tem seção transversal constante com dimensões bastante precisas, podendo no caso de peças compridas serem cortadas ou fatiadas de acordo com a necessidade de uso.
FAD Free Air Deliver - designação internacional utilizada para definir o caudal de ar que um compressor consegue comprimir por unidade de tempo. Normalmente vem em L/s seguido da designação FAD ou então é tb utilizado um N (de normal) antes da unidade de medida Nl/s. Isto significa que um determinado compressor consegue aspirar uma determinada quantidade de ar à P atm (ao nível do mar) e a 15ºC para uma determinada pressão.
Flange Cega Flange de Tamponamento
Flecha Afastamento, numa catenária, entre a curva do mensageiro e a reta que liga dois pontos consecutivos de suspensão.
Fossas Sépticas As fossas sépticas são unidades de tratamento primário de esgoto doméstico nas quais são feitas a separação e a transformação físico-química da matéria sólida contida no esgoto. É uma maneira simples e barata de disposição dos esgotos indicada, sobretudo, para a zona rural ou residências isoladas. Todavia, o tratamento não é completo como numa Estação de Tratamento de Esgotos.
Fotovoltaico Efeito da conversão direta da luz em energia elétrica.
Fuel Cell Designação anglo-saxónica para célula de combustível. Equipamento que converte energia de um combustível (por exemplo Hidrogénio) diretamente em eletricidade e calor, sem combustão, através de um processo eletroquímico. Por não haver combustão, as fuel-cell, ou células de combustível, são um processo de conversão com "zero emissões".
Fundente  Substância adicionada ao conteúdo de, por exemplo, um alto-forno com os propósitos de retirar as impurezas existentes no metal (por exemplo óxidos) e de tornar a escória mais fluida. No caso do ferro e do aço o fundente mais comum é o calcário.
Fundição O processo de fundição é definido como o conjunto de atividades requeridas para dar forma aos materiais por meio da sua fusão, conseqüente liquefação e seu escoamento ou vazamento para moldes adequados e posterior solidificação
Fusão nuclear Junção de dois núcleos atómicos num núcleo mais pesado, com libertação de energia. Os processos de fusão no sol constituem a base da radiação solar.
Galvanizar Termo genérico para deposição de Zinco (metal com potencial de eléctrodo mais baixo, e por isso menos nobre) sobre uma superfície metálica ou não, por forma, a retardar o fenómeno electroquímico de corrosão (perda de electrões). Os métodos mais usuais são a Galvanização por imersão a quente, a electrozincagem, a pintura com primário rico em zinco ou metalização a quente.
Galvanoplastia A galvanoplastia é um tratamento de superfície desenvolvido por Galvani (físico e químico que estudou sobre a electricidade). É o processo utilizado na Prateação, na Niquelagem, na Cromagem, entre outros…
Gases com Efeito de Estufa (GEE) São os principais responsáveis pelo chamado efeito de estufa. Entre os vários gases que constituem os GEE, podemos encontrare o dióxido de carbono (CO2), o óxido nitroso (N2O) e o metano (CH4), entre outros.
Grafite Grafite ou Grafita é um dos alótropos do carbono. Ao contrário do diamante, a grafite é um condutor, e pode ser usado, por exemplo, como o eletrodos de uma lâmpada elétrica de arco voltaico.
Gravidade específica Um caso específico da densidade relativa. Basicamente é o quociente entre a massa específica de um líquido e a massa especifica da água a 4ºC. Não tem unidades - adimensional. 
Grupo Térmico De Chão Equipamento para produção de águas quentes, com dois serviços distintos: - aquecimento central; - águas quentes sanitárias. São equipamentos de maior capacidade que os grupos térmicos murais, mas para instalação no chão.
Grupo Térmico Mural Equipamento para produção de águas quentes, com dois serviços distintos: - aquecimento central; - águas quentes sanitárias. São equipamentos idênticos a esquentadores, para instalação em parede.
HACCP HACCP (Hazard Analysis and Critical Control Point) é uma Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle integrado num sistema de gestão alimentar. Analisa as diferentes fases de produção identificando os perigos de contaminação que podem advir para a saúde do consumidor. 
Haletos Os haletos ou halogenetos (derivam do nome grego halos - sal) são compostos químicos que contém átomos dos elementos do grupo VII halogênios (flúor (F), cloro (Cl), bromo (Br), iodo (I) e astato (At)) em estado de oxidação -1. Suas características químicas e físicas lhe fazem ser parecidos do cloreto até o iodeto, sendo uma exceção o fluoreto. Podem ser formados diretamente desde os elementos ou a partir do ácido HX (onde X = F, Cl, Br, I) correspondente com uma base.
Hidráulica Hidráulica é a parte da física que se dedica a estudar o comportamento dos líquidos em movimento e em repouso. Pode ser dividida em três capítulos:hidrostática que trata dos fluidos parados, a hidrocinética, que estuda os fluidos em movimento, levando em consideração os efeitos da velocidade e a hidrodinâmica que leva em consideração as forças envolvidas no escoamento dos fluidos ( forças da gravidade, da pressão, da tensão tangencial, da viscosidade, da compressibilidade e outras ).
Humidade absoluta Chama-se humidade absoluta ao peso em gramas do vapor de água contido num m3 de ar. A quantidade máxima de vapor de água que uma massa de ar pode conter depende da temperatura a que se encontra. Excedido esse limite, chamado estado de saturação, realiza-se a condensação da quantidade de vapor de água que está em excesso. À temperatura correspondente ao estado de saturação do ar denomina-se ponto de orvalho.
Humidade Relativa A humidade relativa é a relação entre a quantidade de vapor de água existente na atmosfera, a uma determinada temperatura e aquela para a qual o ar ficaria saturado a essa mesma temperatura (Pode ser vista nas tabelas de vapor saturado e vem em Kg/m3). Exprime-se em percentagem. No caso do ar estar saturado será 100%, se o ar estiver absolutamente seco será 0%. A humidade relativa traduz o estado higrométrico do ar e avalia-se por meio de aparelhos denominados higrómetros.
idóneo Capaz de satisfazer dada exigência
Ignição Eletrónica A placa eletrónica do equipamento faz gerar uma faísca, de forma automática, sendo esta necessária para iniciar o processo de combustão.
Índice de Viscosidade Quanto maior for a depedência da viscosidade em relação à temperatura menor é o índice de viscosidade, i.e., maior estabilidade face a variações de temperatura maior é o índice de viscosidade.
Inércia Propriedade dos corpos não poderem mudar o seu estado de repouso ou de movimento, a não ser por acção de uma força.
Interruptor Diferencial Protege as pessoas ou o património contra fugas de corrente elétrica à Terra, evitando choques elétricos e incêndios.
Ionização é um processo químico mediante ao qual se produzem íons, espécies químicas eletricamente carregadas, pela perda ou ganho de Elétrons a partir de átomos ou moléculas neutras. Há várias maneiras pelas quais se podem formar íons. Na ionização de um ácido, por exemplo, a molécula de água é responsável por capturar um hidrogênio que está polarizado positivamente no ácido, formando o íon hidroxônio (H3O+) e um ânion (A-, sendo A um elemento ou composto presente no ácido).
isocinetismo É a relação entre o valor da velocidade média de sucção na amostragem de emissões num tubo ou chaminé, e o valor da velocidade média do gás exaustão no tempo de amostragem.
Isolamento Recurso para resguardar um ambiente do calor, do som e da humidade.
Joule Unidade de energia. Um Joule expressa o trabalho produzido por uma força de 1 Newton cujo ponto de aplicação se desloca 1 metro na direção da força.
kWh Um quilowatt hora é a unidade de energia correspondente a uma potência de um kW utilizada durante uma hora. 1 kWh é equivalente a 3600000 Joules.
Latão O latão é uma liga metálica de cobre e zinco com percentagens deste último entre 3% e 45%. Ocasionalmente se adicionam pequenas quantidades de outros elementos como (Al, Sn, Pb ou As) para potenciar algumas das características da liga.
Lubrificação  Todo e qualquer materialq eu tenha como função diminuir o atrito e/ou o desgaste
Manutenção Atividade destinada a preservar as características de desempenho dos componentes e / ou sistemas, garantindo as condições previstas no seu normal funcionamento.
Manutibilidade Facilidade de realização de acções de manutenção
Massa específica  Representa-se pela letra grega ró e é um quociente entra a massa de uma susbtância e o volume que esta ocupa.
Metalização A metalização consiste numa operação de revestimento de uma superfície (metálica ou não) com uma camada de metal a fim de lhe conferir maior resitência ao desgaste e/ou à corrosão ou apenas para fins decorativos. O metodo mais utilizado é a deposição electrolitica (galvanização), embora também sejam importantes metodos de metalização por laminagem (aplicação de camadas superficiais finas), imersão em banhos fundidos (estanho por exemplo), calorização (aquecimento do objecto numa mistura de Al-Al2O3 em pó), cromação (aquecimento do aço em vapor de cloreto cromoso) e metalização por projecção à pistola (aluminio sobre o aço)
Metalurgia Define um conjunto de procedimentos e técnicas de extracção, fundição e tratamento dos metais e suas ligas.
Modulação Eletrónica Integral A potência da chama é modulada / ajustada em função da necessidade energética momentânea do utilizador.
Monitorização Medição e observação dos fenómenos naturais, que pode ser contínua ou periódica, muitas vezes utilizada para controlo e prevenção.
Monóxido De Carbono (CO) É um gás incolor e inodoro que é formado na combustão incompleta de combustíveis fósseis devido, normalmente, a condições de carência de Oxigénio.
Movimento Axial Movimento organizado em torno de um eixo ancorado a um local por uma parte de um organismo utilizando apenas o espaço disponível em qualquer direcção, sem perder o contacto inicial.
Movimento Translação Ele é o deslocamento paralelo em linha recta de um objecto ou figura, em função de um vector.
Óficio Comunicação escrita e formal entre autoridades da mesma categoria, ou de inferiores a superiores hierárquicos; comunicação escrita e formal
Ónus Qualquer encargo ou limitação que recai sobre a propriedade de um bem. Por exemplo, uma hipoteca, um usufruto ou uma servidão
Óxidos de Azoto (NOx) É um termo genérico dado a um grupo de gases altamente reativos, os quais contêm diferentes conteúdos de Oxigénio e Azoto.
Pa (Pascal) Unidade padrão da Pressão no Sistema Internacional (SI).
Pasivação Passivação é a modificação do potencial de um eletrodo no sentido de menor atividade (mais catódico ou mais nobre) devido a formação de uma película de produto de corrosão.
Perculação  Escoamento de um líquido num meio poroso não saturado, como é o caso da água através dos poros ou fissuras de um solo ou rocha, por acção da gravidade.
Permutador De Calor Equipamento destinado à transferência de calor de um fluido em movimento para outro fluido sem contacto direto entre as duas substâncias.
Pirómetro Um pirómetro (também denominado de pirómetro óptico) é um dispositivo que mede temperatura sem contacto com o corpo/meio do qual se pretende conhecer a temperatura. Geralmente este termo é aplicado a instrumentos que medem temperaturas superiores a 600 graus celsius. Uma utilização típica é a medição da temperatura de metais incandescentes em fundições.
Poder Calorífico Designado também por calor específico de combustão. Representa a quantidade de calor libertado, quando uma determinada quantidade de combustível é queimada completamente. O poder calorífico exprime-se por calorias (ou kilocalorias) por unidade de peso de combustível.
Polarização Polarização é a modificação do potencial de um eletrodo devido a variações de concentração, sobrevoltagem de um gás ou variação de resistência ôhmica. 
Polias Uma roldana (português europeu) ou polia (português brasileiro) é uma peça mecânica muito comum a diversas máquinas, utilizada para transferir força e movimento. Uma polia é constituída por uma roda de material rígido, normalmente metal, mas outrora comum em madeira, lisa ou sulcada em sua periferia. Acionada por uma correia, corda ou corrente metálica a polia gira em um eixo, transferindo movimento e energia a outro objeto. Quando associada a outra polia de diâmetro igual ou não, a polia realiza trabalho equivalente ao de uma engrenagem.
Política Conjunto dos princípios e dos objectivos que servem de guia a tomadas de decisão e que fornecem a base da planificação de actividades em determinado domínio.
Ponto eutético Ponto no qual existe um equílibrio entre a fase líquida e a fase sólida. Este ponto corresponde à temperatura mais baixa à qual pode existir líquido.
Ponto triplo Único ponto de pressão e temperatura em que as três fases podem coexistir ao mesmo tempo.
Potência Nominal Potência consumida a partir da fonte de energia. É indicada em Watt.
Potencial electroquímico (de electrodo) Potencial eletroquímico, potencial de redução, potencial redox, potencial de oxidação/redução, potencial de eletrodo ou ORP ( Oxidation Reduction Potential) é a espontaneidade, ou a tendência de uma espécie química adquirir elétrons e, desse modo, ser reduzido. Cada espécie tem seu potencial intrínseco de redução. O sinal depende do sentido em que ocorre a reação do eletrodo. Por convenção, os potenciais de eletrodo se referem a semi-reação de redução. O potencial é considerado positivo quando a reacção que ocorre no eletrodo (em relação ao de referência) é a redução, e negativo quando é a oxidação. Em eletroquímica, o potencial padrão de eletrodo, denotado como Eo, E0 ou EO é a medida do potencial individual de um eletrodo reversível (em equilíbrio) no estado padrão, no qual as espécies eletroativas estão a uma concentração de 1 mol/kg, e gases a uma pressão de 1 bar. Os valores são mais frequentemente tabelados a 25 °C.
Potenciómetro Elemento resistivo cujo contato deslizante (cursor) permite a regulagem contínua da resistência de saída entre quase zero e o valor máximo do elemento resistivo.Em certos locais do elemento resistivo pode haver ligações fixas (derivações) para diversas finalidades.Geralmente o potenciômetro é usado como divisor de tensão, continuamente regulável pelo movimento circular ou linear do cursor, em corrente contínua ou alternada.
Pressão absoluta É a pressão total, incluindo a atmosférica, se for caso, exercida sobre uma superfície. Será sempre posítiva ou nula.
Pressão atmosférica É a pressão, de 1 atm, exercida por uma massa de ar sobre a superfície da terra, ao nível do mar, à temperatura 0ºC.
Pressão de Vapor Pressão de vapor é a pressão exercida por um vapor quando este está em equilíbrio com o líquido que lhe deu origem. A pressão de vapor é uma medida da tendência de evaporação de um líquido. Quanto maior for a sua pressão de vapor, mais volátil será o líquido, e menor será sua temperatura de ebulição relativamente a outros líquidos com menor pressão de vapor à mesma temperatura de referência. O aumento da temperatura aumenta a taxa de vaporização, mas, enquanto a pressão parcial exercida pelo vapor for menor do que a pressão total, a taxa de condensação aumenta de forma compensatória, de maneira que se reestabelece o equilíbrio dinâmico. Quando a temperatura atinge temperatura de ebulição a taxa de vaporização vence a taxa de condensação ocorrendo assim mudança de fase.
Pressão manométrica É a diferença de pressão medida em relação à pressão atmosférica de um dado reservatório. Normalmente utiliza-se a letra G depois das unidades de pressão. Pode ser posítiva, negativa, ou, nula. Quando se fala de uma pressão de negativa relativamente à pressão atmosférica fala-se em vacuo ou vacuo parcial.
Pressostato Pressostato é um instrumento de medição de pressão utilizado como componente do sistema de proteção de equipamento ou processos industriais. Sua função básica é de proteger a integridade de equipamentos contra sobrepressão ou subpressão aplicada aos mesmos durante o seu funcionamento.
Protocolo De Quioto Protocolo internacional que estabelece compromissos para a redução da emissão de Gases com Efeito de Estufa (GEE), considerados como a causa do aquecimento global.
RAL (COR) É um sistema de cores utilizado na Europa. 
Recozimento Tratamentos termomecânicos. Seus objetivos são os seguintes: remover tensões devidas a tratamento mecânicos, diminuir a dureza, aumentar a ductilidade, regularizar a textura bruta de fusão, eliminar finalmente, o efeito de quaisquer tratamentos térmicos ou mecânicos a que o aço tenha sido submetido anteriormente.
Recursos não Renováveis Recursos energéticos esgotáveis cuja formação demorou muitos milhões de anos. Estes recursos, uma vez utilizados, não podem ser renovados à escala da vida humana. Exemplo: os combustíveis fósseis, que atualmente são responsáveis pela maior parte da energia consumida pelo Homem.
Recursos Renováveis Recursos que se reciclam rapidamente ou têm o poder de se propagar ou ser propagados. Podem ser utilizados de forma permanente sem se esgotarem (o sol, o vento, a água), se a taxa de utilização não superar a de renovação (a floresta, o calor da Terra).
Redundância Redundância é o meio mais simples de obter um sistema de alta disponibilidade
Relé estado sólido Um relé que se baseia em componentes do estado sólido ao invés de mecânicos para abrir e fechar circuitos.
Rendimento É expresso pela percentagem de Energia Útil que pode ser extraída de um determinado sistema, tendo em conta a Energia Total do combustível utilizado.
Revenimento Tratamentos termomecânicos. Processo consequente à têmpera. A têmpera tende a tornar o aço excessivamente rígido (pouca elasticidade) e frágil (pouca resistência ao choque) e a criar tensões internas, o que é corrigido pelo revenido, que consiste em reaquecer a peça temperada a uma temperatura inferior à da têmpera (zona crítica-fase austenítica).A temperatura de revenido e o tempo de manutenção desta temperatura influem decisivamente nas propriedades finais obtidas no aço. Quanto mais tempo e/ou maior temperatura, mais dúctil se torna o aço.O revenido aumenta a ductilidade e a elasticidade do aço, e é usado especialmente na fabricação de molas.
Sal Em química, um sal é um composto iônico, ou seja, formado por cátions e ânions. Eles são tipicamente o produto de uma reação química entre:Uma base e um ácido - forma-se um sal e água;Um metal e um ácido - forma-se um sal e hidrogênio;Um óxido ácido e um óxido básico - forma-se um sal
Saponificação Saponificação é basicamente a reação química que ocorre entre um ácido gordo (existente em óleos ou gorduras) e uma base forte com aquecimento. Resultando em ácidos gordos (sabão) e alcoois.
Shunt Colocação de uma resitência em paralelo para diminuir a corrente numa dada carga.
Solenoide Solenoide é a denominação para um condutor enrolado em forma de espiras
Solução tampão Soluções tampão (química) são soluções que atenuam a variação dos valores de pH (ácido ou básico), mantendo-o aproximadamente constante, mesmo com adição de pequenas quantidades de ácidos ou bases. As soluções tampão são geralmente formadas por um ácido fraco e um sal desse ácido, ou, então, por uma base fraca e um sal dessa base
Solvatação Em química entende-se por solvatação o fenômeno que ocorre quando um composto iônico ou polar dissolve-se numa substância polar, sem formar uma nova substância. As moléculas do soluto são rodeadas pelo solvente. A solvatação acontece tanto em soluções iônicas quanto moleculares.Assumindo que a dissolução é um processo de dispersão molecular, isso implica na ruptura de ligações ou forcas intermoleculares presentes no soluto , gerando ligações entre as moléculas do soluto e as moléculas do solvente. Este processo é conhecido como solvatação. Quando o solvente é a água, o processo é denominado de hidratação.
Subprime É um crédito habitação de alto risco que se destina a uma fatia de população com rendimentos mais baixos e uma situação económica mais instável. A única garantia exigida nestes empréstimos é o imóvel. Este segmento do mercado de crédito é exclusivo dos Estados Unidos, não havendo na Europa situação comparável. 
Têmpera Tratamentos termomecânicos. A têmpera refere-se a um arrefecimento brusco. Na química de polímeros e na ciência dos materiais, o processo de têmpera é usado para evitar processos que se dão em temperaturas mais baixas, tais como transformações de fase. A tempera tem como objetivo a obtenção de uma microestrutura que proporcione propriedades de dureza e resistência mecânica elevadas. A peça a ser temperada é aquecida à temperatura de austenitização e em seguida é submetida a um resfriamento brusco, ocorrendo aumento de dureza. Durante o resfriamento, a queda de temperatura promove transformações estruturais que acarretam o surgimento de tensões residuais internas.
Temperatura  O estado de energia de um corpo em relação ao outro.
Temperatura de orvalho Temperatura a partir da qual o vapor d'água contido na porção de ar de um determinado local sofre condensação
Temperatura de transição Vítrea A temperatura de transição vítrea, denotada , é definida como a temperatura que separa o comportamento sólido do comportamento líquido em um sólido amorfo como o vidro.
Tensão de Ruptura A tensão de Ruptura é a tensão máxima da curva de tensão nominal (MPa) - extensão nominal (mm). Se ocorrer no corpo de prova (provete) um decréscimo na área da secção reta (estricção), o posterior aumento da extensão provoca uma diminuição da tensão nominal até ocorrer a fratura, já que a tensão nominal é determinada em relação à área inicial da secção reta do provete. Quanto mais ductil for o metal, maior será a estricção que precede a fratura e, por isso, maior será o decréscimo da tensão para além da tensão máxima.
Tensão Superficial Na física, a tensão superficial é um efeito que ocorre na camada superficial de um líquido que leva a sua superfície a se comportar como uma membrana elástica.Energia por área unitária presente no limite de dois flúidos não miscíveis (dina/cm). (Água a 25ºC 72 dina/cm)
Tensioactivo Os tensoativos, também chamados de surfactantes, são substâncias que diminuem a tensão superficial ou influenciam a superfície de contato entre dois líquidos
Termopar Elemento primário de medida de temperatura constituído por dois materiais diferentes ligados um ao outro, por aperto, ou, soldadura.
Termoplástico Material polimérico sintético, que, quando sujeito à ação de calor, facilmente se deforma podendo ser remodelado e novamente solidificado
Termóstato Aparelho usado para regulação da temperatura, sendo geralmente associado a equipamentos de climatização, mas também presente em ferros de engomar, torradeiras, fornos, fogões elétricos, entre outros.
Tribologia Tribologia é a ciência que estuda o atrito, desgaste e lubrificação.
Tricloroetileno (TCE) É um hidrocarboneto clorado comumente usado como um solvente industrial e principalmente para o desengorduramento de peças metálicas, ainda que também como ingrediente em adesivos, líquidos, líquidos para remoção de pinturas e para corretores de escrita ("papel líquido") e removedores de manchas. É cancerígeno. Ingerir ou respirar níveis altos de tricloroetileno pode produzir efeitos adversos no sistema nervoso, fígado e pulmões, batimento anormal do coração, coma e possivelmente a morte.
Tungsténio O Tungsténio, conhecido antigamente como volfrâmio ou wolfrâmio é um elemento químico de símbolo W, número atômico 74 com massa atómica 184u situado no grupo 6 da classificação periódica dos elementos. É um metal de transição que, à temperatura ambiente, encontra-se no estado sólido.
Ultravioleta (UV) Radiação eletromagnética no comprimento de onda 4 a 400 nanómetros.
Usinagem (termo brasileiro) Usinagem compreende todo processo mecânico onde a peça é o resultado de um processo de remoção de material. A usinagem começou em tempos remotos com processos totalmente manuais e hoje em dia evolui muito com o uso de máquinas de alta precisão, por exemplo chamadas CNC (com comando numérico computadorizado), que são controladas por computador.
Válvulas solenoide Dispositivo electromecânico que permite interromper a circulação dum fluido por acção dum solenóide
Vaso de Expansão O vaso de expansão do sistema de arrefecimento, tem a função de permitir que o nível do líquido de arrefecimento permaneça inalterado quando frio, assim como quando se aquecer e se dilatar, tendo seu volume aumentado.
Zincor (Chapa) Chapa electrogalvanizada
Zona De Conforto Ponto em que o Homem despende a menor quantidade de energia, para se adaptar ao seu ambiente. Depende de algumas variáveis como a temperatura, a humidade atmosférica e a velocidade do vento, caso seja aplicável.
Lojas